IN´s 76 e 77 são tema de reunião com produtores, técnicos e departamento de captação

Postado por admin em Acontece na Coopervap, Artigos e Notícias

15

out
2019

As instruções normativas 76 e 77 trazem muitas novidades para todas as etapas da cadeia produtiva do leite, desde a produção até os critérios finais de qualidade dos leites pasteurizados. E para melhor orientar produtores, técnicos e demais envolvidos na cadeia produtiva do leite Coopervap, esteve presente no último dia 15 de outubro, o sr. Amado Jésus Silva, Gerente de Divisão de Qualidade da Cemil.

Com o objetivo de simplificar o entendimento sobre os prazos e exigências de qualidade estabelecidos em Instruções Normativas anteriores e, promover um plano mais robusto e duradouro de qualificação dos produtores de leite, o MAPA publicou em 26 de novembro de 2018 a Instrução Normativa 76 e Instrução Normativa 77. A IN 77 estabeleceu os critérios e procedimentos para a produção, acondicionamento, conservação, transporte, seleção e recepção do leite cru em estabelecimentos registrados no serviço de inspeção oficial, e, ainda, revogou as Instruções normativas 51/2002, 62/2011, 07/2016 e 31/2018. Com a nova redação dada pela IN 76, que aprovou os regulamentos técnicos que fixam a identidade e as características de qualidade que devem apresentar o leite cru refrigerado, o leite pasteurizado e o leite tipo A, ficou estabelecido apenas um teto máximo para os parâmetros de CBT e CCS, portanto, não havendo mais prazo e exigências de qualidade crescentes como nas normas anteriores.

Ao final foi feita uma “mesa redonda” com participação ativa de todos os presentes. Na ocasião, utilizou a palavra o sr. Marcelo Leite Gastal, da Embrapa, que elogiou o trabalho executado pela Coopervap em relação ao cooperativismo, no que tange a buscar alternativas, além de produzir o leite, envolvendo toda a cadeia produtiva para o atendimento da agricultura familiar e deixando à disposição toda a experiência da Embrapa.

Confira algumas imagens:

Deixe um comentário