Grãos

Unidade de Armazenamento - Entre Ribeiros

 

(Paracatu e Entre-Ribeiros)

Em 1982, na gestão do sr. Antônio Arquimedes Borges, foi aprovada a aquisição de um terreno às marges da BR040 e a contratação de financiamento para a construção da Unidade de Recebção, secagem, beneficiamento e armazenagem de grãos junto ao BDMG e também foi aprovada a aquisição de um terreno de 25 hectares, localizado no Projeto Paracatu/Entre Ribeiros para a construção dos silos. Foram criadas, a partir daí, as duas unidades armazenadoras que, hoje têm a função de armazenar os grãos dos produtores. Os associados podem comercializar seus grãos no momento  que acharem conveniente, até então, ficam estocados nas unidades de armazenamento da cidade e da região do Entre Ribeiros. A própria Coopervap é uma grande consumidroa desses grãos para suprir a demanda da fábrica de rações, setor de grande importância e que agrega valor aos produtos finais.

Os maiores desafios que as unidades de armazenamento enfrentaram foi em 1983, quando teve uma grande crise econômica. Por falta de chuvas, os produtores tiveram frustração de safra, o que dificultou a existência da unidade de armazenamento. O problema só foi solucionado com o início da irrigação no Entre Ribeiros.

Unidade de Armazenamento – Paracatu

 

A primeira ampliação ocorreu em 1987, já sob a gestão do sr. Paulo Laboissiere.  A necessidade surgiu devido à entrada de mais dois projetos de colonização no Entre Ribeiros, o que exigia maior estrutura de armazenamento. Passou da capacidade de 18.000 toneladas para 30.000 toneladas de capacidade de armazenamento.

 

Outras Áreas Comerciais

  • Hipermercado

    Desde sua fundação, a Coopervap se preocupou, além de coletar e processar o leite dos produtores, em manter um armazém onde os cooperados pudessem fazer suas compras, para pagar

  • Farmácia

    Mantendo a linha de oferecer ao cooperado tudo o que ele precise e de diversificar o campo de atuação, o então Diretor Presidente da cooperativa, Vasco Praça Filho inaugura